Reunião do CMN é adiada e ficará para depois do pleito

Mais cedo, o Ministério da Fazenda informou que a divulgação dos dados econômicos no mês de setembro será feita somente na próxima semana

Brasília – A assessoria do Banco Central informou nesta quarta-feira que, apesar da reunião do Conselho Monetário Nacional (CMN) continuar marcada para o dia 23 de outubro (amanhã) no site da instituição, o encontro foi remarcado para o dia 30, quinta-feira da semana que vem.

O encontro do CMN deve ocorrer todos os meses até a última quinta-feira do mês.

A assessoria explicou que a data do dia 23 foi escolhida, em princípio, para não ser muito próxima da reunião do Comitê de Política Monetária (Copom), marcada para os dias 28 e 29 (terça e quarta-feira da semana que vem).

Agora, a mudança teria sido realizada por questão de agenda.

Mais cedo, o Ministério da Fazenda informou que a divulgação dos dados econômicos no mês de setembro será feita somente na próxima semana.

A arrecadação de impostos e contribuições federais deve ser conhecida apenas na quarta-feira (29).

Embora seja costume que os dados sejam divulgados mais cedo, a Receita Federal afirmou que a escolha da data não considerou a realização do segundo turno das eleições no domingo.