Reservas de petróleo dos EUA aumentam em 3,7 mi de barris

Alta de 1% é superior às expectativas da maioria dos especialistas, que haviam calculado um aumento de aproximadamente 1,6 milhão de barris para a semana

Washington – Com um crescimento maior que o esperado, as reservas de petróleo dos Estados Unidos aumentaram a produção em 3,7 milhões de barris na semana passada, com um número total de 362,3 milhões contabilizados, informou nesta quarta-feira o Departamento de Energia.

A alta de 1% é superior às expectativas da maioria dos especialistas, que haviam calculado um aumento de aproximadamente 1,6 milhão de barris para a semana.

A agência informou que as reservas de petróleo se encontram na média para esta época do ano e são 1,9% maiores do que no mesmo período do ano passado.

Nas últimas quatro semanas, as importações de petróleo tiveram uma média diária de 7,761 milhões de barris, quantidade menor que a média de 8,056 milhões do mesmo período de 2013, o que representa uma redução de 3,7%.

Depois da divulgação do dados oficiais, o preço de futuros do petróleo cru para entrega em outubro desceu US$ 0,78, chegando a US$ 94,10 o barril (159 litros) na Bolsa Mercantil de Nova York.

Pelo que se refere aos estoques de gasolina, o relatório aponta que houve uma diminuição de 1,6 milhões de barris, cerca de 0,8%, e ficaram em 210,7 milhões de barris, abaixo dos 212,4 milhões de barris da semana anterior.

As reservas de combustível para calefação aumentaram em 300 mil barris, aproximadamente 0,2%, e ficaram em 127,8 milhões, frente aos 127,5 milhões de barris da semana anterior.

O relatório também indicou que na semana passada as refinarias petrolíferas nos EUA operaram com 93% da capacidade, comparado aos 93,9% relativos à uma semana antes. Esses números excluem a Reserva Estratégica de Petróleo do governo, que se manteve em 691 milhões de barris.

O total de reservas de petróleo e produtos refinados nos Estados Unidos, incluída a Reserva Estratégica, alcançou o número de 1,829 bilhão de barris na semana passada, frente a marca de 1,824 bilhão de barris da semana que antecedeu o período.