Repar deve voltar a produzir nos próximos dias, diz ANP

A diretora da ANP confirmou que houve aumento de importação de diesel por conta da parada de produção da refinaria, que teve um incêndio em 28 de novembro

Rio – A diretora-geral da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), Magda Chambriard, disse nesta quarta-feira, 18, que a Refinaria Getúlio Vargas (Repar), em Araucária (PR), ainda não voltou a operar, mas deve tornar a produzir combustíveis “nos próximos dias”.

Magda confirmou que houve aumento de importação de diesel por conta da parada de produção da refinaria, que teve um incêndio em 28 de novembro. Ela, no entanto, não soube dizer o volume de importação.

A ANP já tinha anunciado, anteriormente, que a unidade deve voltar a produzir com dois terços da capacidade total, de 200 mil barris por dia.