Reino Unido deve enfrentar transtornos depois de Brexit, diz UE

Para o chefe de serviços financeiros do bloco, o país pode perder o acesso ao mercado único europeu quando deixar o bloco, em 2019

Londres – O Reino Unido deve enfrentar alguns transtornos econômicos e termos comerciais piores se perder o acesso ao mercado único europeu quando deixar a União Europeia em 2019, disse o chefe de serviços financeiros do bloco, Valdis Dombrovskis, nesta sexta-feira.

Dombrovskis, que também é vice-presidente da Comissão Europeia, disse que “muito tempo e energia” serão gastos na negociação de novos termos comerciais após o chamado Brexit duro propagado pela primeira-ministra britânica, Theresa May.

“Se o Reino Unido está fora do mercado interno, precisamos encontrar uma solução viável”, disse Dombrovskis em um evento da Bloomberg em Londres.