Regra da telefonia no Brasil é anacrônica, diz CEO da TIM

"Para qualquer movimento de consolidação você tem algumas condições regulatórias do ponto de vista do ambiente de regras, para que isso aconteça", disse Abreu

São Paulo – O presidente da TIM, Rodrigo Abreu, disse nesta quarta-feira ser necessário resolver o cenário de concessão de telefonia fixa no país, cuja regulação se tornou “anacrônica” para que o setor possa dar mais impulso aos investimentos de longo prazo e viabilizar eventuais movimentos de consolidação.

“Do ponto de vista regulatório, é necessário resolver o cenário de concessão da telefonia fixa no país, é uma concessão que ficou anacrônica”, disse. Ele acrescentou que sem isso “é muito difícil imaginar um cenário com visibilidade positiva para estabilidade de um plano de negócios e de investimentos”.

“Para qualquer movimento de consolidação você tem algumas condições regulatórias, legais, do ponto de vista do ambiente de regras, para que isso aconteça”, disse Abreu durante evento do setor.