Receita Federal é contra reabrir prazo do Refis da Crise

A proposta foi incluída ao texto da Medida Provisória (MP) 615 pelo relator, o senador Gim Argello (PTB-DF)

Brasília – O secretário da Receita Federal, Carlos Alberto Barreto, disse nesta quarta-feira, 28, que o órgão é contra a reabertura do prazo para o Programa de Recuperação Fiscal (Refis) da Crise.

A proposta foi incluída ao texto da Medida Provisória (MP) 615 pelo relator, o senador Gim Argello (PTB-DF). Barreto disse que, tecnicamente, o parecer da Receita Federal é sempre contrário a esse tipo de parcelamento porque beneficia os maus pagadores.

A proposta de Argello é que os contribuintes com dívidas vencidas na Receita até 30 de novembro de 2008 que não tenham aderido ao Refis possam fazê-lo até 31 de dezembro de 2013.

O último prazo para adesão venceu em julho de 2011. O relatório do relator não foi votado nesta terça-feira, 27, pela comissão mista que analisa a MP porque o deputado Ricardo Berzoini (PT-SP) fez um pedido de vista.