Receita de serviços cresce com transportes, diz IBGE

Com maior peso, o grupo serviços de transporte, auxiliares de transporte e correios aumentaram em 4,6% sua receita em termos nominais

Rio – Os serviços profissionais, administrativos e complementares tiveram o melhor desempenho entre as categorias da atividade de serviços em julho. Em relação a julho do ano passado, a receita nominal bruta (sem descontar os efeitos da alta de preços) avançou 7,0%. Com esse resultado, o setor contribuiu com 1,5 ponto porcentual no avanço de 4,6% da receita nominal de serviços em julho ante igual mês de 2013.

Com maior peso, o grupo serviços de transporte, auxiliares de transporte e correios aumentaram em 4,6% sua receita em termos nominais. Mas, diante de sua importância, a contribuição para a formação da taxa geral também foi de 1,5 ponto porcentual.

Dentro de transportes, o setor cuja receita mais avançou em julho ante julho de 2013 foi o de armazenagem, serviços auxiliares e correios (8,5%). Ficaram abaixo da média o transporte terrestre (4,3%) e o transporte aquaviário (2,3%). No transporte aéreo, houve queda nominal de 2,5% na receita do setor.

Apesar do desempenho mais fraco, os dois setores já vinham de taxas modestas em junho (na comparação com igual mês de 2013). Já os serviços de informação e comunicação mostraram perda de ritmo. Após avançar 5,7% em junho, a receita nominal do segmento subiu apenas 2,1% em julho, sempre na comparação com igual mês do ano passado.

Nos serviços prestados às famílias, essa desaceleração foi ainda mais intensa. A receita nominal avançou 5,4% em julho, após alta de 11,1% em junho, também em relação a igual mês de 2013.

Os outros serviços, por sua vez, ganharam força na passagem do mês. Na mesma base, o crescimento da receita nominal foi de 8,3% em julho, após alta de apenas 1,1% em junho.

Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o avanço de 4,6% na receita nominal do setor de serviços foi o menor de toda a série histórica do indicador, iniciada em janeiro de 2012.