Rabello convoca empresários a apoiar aprovação da Previdência

Segundo o presidente do BNDES, a grande reforma será a tributária, "que já está sendo preparada", e não a previdenciária

Rio – O presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Paulo Rabello de Castro, voltou a defender a aprovação da reforma previdenciária no Congresso ao participar de evento promovido pelo grupo de líderes empresariais Lide, no Rio.

“É uma votação para a qual convoco todos vocês. Temos que nos mobilizar, falar com os deputados: sua percepção eleitoral não vai melhorar se votar ‘não’. Tem que voltar ‘sim’ e dizer o porquê. Tem que explicar que fez (votou pela aprovação da reforma), principalmente, pela remoção dos privilégios”, disse Rabello.

Em sua palestra, a uma plateia de empresários, o presidente do BNDES ainda pediu apoio ao presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ). “Vamos pedir para ele (Maia) um polo industrial na Baía de Sepetiba”, afirmou. A opinião de Rabello é que o Rio de Janeiro é “um doente terminal”. “Talvez haja 10% de exagero nisso. Mas o fato é que estamos mal”, acrescentou.

Segundo o presidente do banco, a grande reforma, no entanto, será a tributária, “que já está sendo preparada”, e não a previdenciária.