Produção total do pré-sal em dezembro supera pós-sal pela 1ª vez

Mudança no volume de exploração ocorre menos de dez anos após iniciada a exploração no pré-sal brasileiro

Rio de Janeiro – A produção de petróleo e gás natural no pré-sal brasileiro fechou pela primeira vez acima da produção total no pós-sal em dezembro do ano passado, informou nesta quarta-feira, 31, a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

A produção de petróleo já havia sido ultrapassada em junho de 2017. Desta vez, a soma dos dois combustíveis ficou 50,7% acima da produção do pós-sal, menos de dez anos após iniciada a exploração no pré-sal brasileiro.

O primeiro óleo do pré-sal foi extraído do campo de Tupi (hoje Lula), em 30 de abril de 2009.

Segundo a ANP, em dezembro de 2017 a produção total de petróleo ficou em 2,612 milhões de barris por dia, e de gás natural em 113 milhões de metros cúbicos, totalizando 3,325 milhões de barris de óleo equivalente em dezembro de 2017.

Só no pré-sal, a produção foi de 1,356 milhões de metros cúbicos de petróleo e 52 milhões de metros cúbicos de gás natural, totalizando 1,685 milhão de barris de óleo equivalente.

Entre estas quarta e quinta-feiras (dias 31 e 1º), a ANP planeja divulgar os dados completos da produção de dezembro de 2017 e a média do fechamento do ano.