Produção industrial no Japão sobe 3,2% em julho

Resultado representa a primeira melhora em dois meses, informou o governo japonês

Tóquio – A produção industrial no Japão aumentou 3,2% em julho na comparação com o mês anterior, o que representa a primeira melhora em dois meses, informou nesta sexta-feira (data local) o governo japonês.

Além disso, a produção também subiu 1,6% em relação a julho de 2012. As indústrias que mais contribuíram para o aumento foram as de máquinas de produção, uso geral e de escritório, a de componentes e dispositivos eletrônicos e a de equipamentos de transporte.

Por produtos ou matérias-primas, as memórias de metal óxido semiconductor, equipamentos de transmissão digital e os miniveículos (aqueles com motores de menos de 660 cv) foram os que mais impulsionaram a alta de julho.

O Ministério da Economia, Comércio e Indústria espera que a produção industrial aumente 0,2% em agosto e 1,7% em setembro. Por medir o ritmo das fábricas japonesas, ela é considerada essencial para antecipar o desempenho da economia do país, altamente dependente do setor manufatureiro.

Analistas consultados pelo jornal “Nikkei” apontaram que embora o setor se recupere, o ritmo de melhora ainda é moderado, pois a demanda dos grandes parceiros comerciais do Japão, como a China, ainda está em níveis muito baixos, ao tempo que os verdadeiros efeitos da queda do iene começam a ser sentidos apenas agora.