Produção de veículos no Brasil cai 10% em janeiro sobre um ano antes

Anfavea informou ainda que as vendas de veículos novos — carros, comerciais leves, caminhões e ônibus — cresceram 10,2% na comparação anual em janeiro

São Paulo – A produção brasileira de veículos em janeiro caiu 10 por cento sobre o mesmo período do ano passado, para 196,8 mil unidades, pressionada em parte por recuo de vendas externas, segundo dados divulgados nesta quarta-feira pela associação de montadoras, Anfavea.

Na comparação com dezembro, porém, a produção subiu 10,9 por cento.

A Anfavea informou ainda que as vendas de veículos novos – carros, comerciais leves, caminhões e ônibus – cresceram 10,2 por cento na comparação anual em janeiro, mas recuaram 14,8 por cento ante dezembro, para 199,8 mil unidades.

O setor apurou exportações de 710 milhões de dólares em janeiro, incluindo máquinas agrícolas e rodoviárias, uma queda anual de 29 por cento. Em unidades, as exportações de veículos montados de janeiro recuaram 46 por cento ante janeiro de 2018, para 25.034. No ano passado, as exportações do mês tinham sido recordes para janeiro, somando 47 mil unidades.

A Anfavea estima para este ano crescimento de 11,4 por cento nas vendas de veículos, para 2,86 milhões de unidades. A produção deve avançar 9 por cento, para 3,14 milhões de veículos. Mas as vendas externas devem mostrar recuo de 6,2 por cento, para 590 mil unidades, atingidas por fraqueza do mercado Argentino, principal destino das exportações do setor.

A indústria terminou o mês passado com estoque de 245,6 mil veículos em pátios de montadoras e concessionárias, segundo a Anfavea, ante 255,1 mil em dezembro e 228,7 mil em janeiro de 2018.