Produção de veículos em setembro caiu 2,5%, diz Anfavea

A produção de automóveis somou 332.029 unidades no mês passado

São Paulo – A produção de automóveis, comerciais leves, caminhões e ônibus no mercado brasileiro somou 332.029 unidades em setembro, uma queda de 2,5% na comparação com agosto e avanço de 15,2% ante o mesmo período de 2012.

Com o resultado, a produção nos primeiros nove meses de 2013 acumula alta de 13,9% sobre igual período de 2012, para 2,841 milhões de unidades. Os números, divulgados nesta sexta-feira, 4, são da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea).

Considerando apenas automóveis e comerciais leves, a produção em setembro chegou a 311.867 unidades, queda de 2,0% ante o mês anterior e alta de 14,0% sobre setembro de 2012. Foram produzidos 246.671 automóveis e 65.196 comerciais leves no mês passado.

A produção de caminhões atingiu 17.112 unidades em setembro, recuo de 9,2% em relação a agosto e alta de 50% sobre setembro de 2012. No caso dos ônibus, foram produzidas 3.050 unidades em setembro, recuo de 7,7% sobre o mês anterior e uma baixa de 6,4% ante setembro do ano passado.

As vendas de automóveis, comerciais leves, caminhões e ônibus caíram 5,9% em setembro ante agosto, com 309.872 unidades, e subiram 7,6% na comparação com setembro de 2012. No acumulado dos primeiros nove meses de 2013, os emplacamentos chegaram a 2,78 milhões unidades, uma leve baixa de 0,3% sobre igual período de 2012.

Exportações

As exportações do setor automotivo somaram US$ 1,433 bilhão em setembro, resultado que representa queda de 14,6% em relação a agosto e um crescimento de 28,1% sobre setembro de 2012, informou há pouco a Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea). Nos primeiros nove meses deste ano, as exportações movimentaram US$ 12,42 bilhões, uma alta de 13,4% ante igual período de 2012. Os valores consideram as exportações de autoveículos e máquinas agrícolas.


O mês de setembro encerrou com 45.495 automóveis, comerciais leves, caminhões e ônibus exportados, um recuo de 29% ante agosto e uma alta de 66,6% sobre o mesmo período do ano passado. Entre janeiro e setembro de 2013, foram exportadas 428.176 unidades de automóveis, comerciais leves, caminhões e ônibus, avanço de 31,6% ante o mesmo período de 2012.

Empregados

O setor automotivo encerrou o mês de setembro com 154.720 empregados, o que representa uma leve alta de 0,1% em relação a agosto. Na comparação com setembro de 2012, houve avanço de 4,5% no contingente de empregados, considerando autoveículos e máquinas agrícolas.

O segmento de autoveículos registrou estabilidade em setembro ante agosto no total de empregados, totalizando 133.107 pessoas. Em relação a igual mês do ano passado, houve um avanço em setembro deste ano de 4,0%. Já o segmento de máquinas agrícolas apresentou aumento de 1% no número de empregados na comparação com agosto, registrando 21.613 funcionários. Na comparação com setembro de 2012, a alta foi de 8%.

Flex

A fatia de automóveis e veículos comerciais leves bicombustíveis (flex) atingiu 88,5% em setembro, abaixo da participação registrada em agosto, de 88,9%. Ao todo, os veículos flex somam 260.499 unidades. Em setembro do ano passado, a participação das vendas dos veículos flex era de 86,5%.