Produção de petróleo e gás cai em abril ante março, diz ANP

Segundo a agência, a produção de petróleo e gás natural em abril alcançou 2,988 milhões de barris de óleo equivalente por dia, queda em relação a março

São Paulo – A produção de petróleo no Brasil caiu pelo quarto mês consecutivo em abril, apesar do avanço expressivo na extração na commodity no pré-sal, informou nesta terça-feira a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

O volume total de petróleo produzido em março somou 2,394 milhões de barris por dia (bpd), um recuo de 0,8 por cento ante março, disse a ANP sem apresentar motivos.

Desse total, quase 30 por cento, ou 715,1 mil bpd, foram extraídos do pré-sal das bacias de Campos e Santos, um aumento de 6,3 por cento em relação ao mês anterior.

Em relação ao ano anterior, o país registrou em abril o avanço expressivo de 11,6 por cento da produção de petróleo.

Já a produção de gás natural em abril somou 94,3 milhões de metros cúbicos por dia (m3/d), uma queda de 1,3 por cento ante o mês anterior e alta de 13,9 por cento frente um ano antes.

Somando a produção de óleo e gás, o país produziu um total 2,988 milhões de barris de óleo equivalente (boe) em abril, queda de 0,9 por cento ante março e avanço de 12 por cento em relação ao mesmo mês de 2014.

A produção de óleo e gás do pré-sal, extraída de 49 poços, foi de 885,3 mil boe/d, alta de 6,3 por cento ante fevereiro.

A Petrobras, como concessionária, segundo a ANP, produziu média de 2,041 milhões de bpd em abril, um aumento de 1,3 por cento em relação ao mês anterior. A empresa informou anteriormente que o aumento da produção em abril foi devido ao avanço da extração das plataformas Cidade de Mangaratiba, no campo de Sapinhoá Norte, e Cidade de Ilhabela, em Iracema Sul, ambos no pré-sal de Santos, além da menor quantidade de paradas programadas.

A segunda maior produtora em abril foi a BG, maior parceira da Petrobras no pré-sal, com a extração de 133,336 mil bpd, seguida da Repsol Sinopec, com 52,695 mil bpd.

Texto atualizado às 19h11