Produção de petróleo do pré-sal tem alta de 4,8% em maio

O avanço também aconteceu na produção geral de petróleo no país, que chegou a 2,048 milhões de barris por dia em maio, com aumento de 1,3% em relação ao mês anterior

Rio de Janeiro – A produção brasileira de petróleo extraído da camada pré-sal chegou a 171,3 mil barris dia de óleo equivalente (boe/d) no mês de maio deste ano, representando um aumento de 4,8% comparado com abril passado.

O avanço também aconteceu na produção geral de petróleo no país, que chegou a 2,048 milhões de barris por dia em maio, com aumento de 1,3% em relação ao mês anterior. Houve redução de 1,2%, no entanto, com relação ao mesmo mês de 2011.

O gás natural apresentou crescimento mais expressivo em maio, com um total de 68 milhões de metros cúbicos por dia, o que significou aumento de 2,6% relativo a maio de 2011 e expansão de 4,7% quanto a abril passado.

A Petrobras foi responsável por 94,4% da produção de petróleo e gás natural no país. Os campos em alto mar participaram com 91,1% da produção petrolífera e com 75,4% da produção de gás.

Dos 20 principais campos produtores, só dois são explorados por empresas estrangeiras: Peregrino, da norueguesa Statoil, e Ostra, da anglo-holandesa Shell.

Os números foram divulgados hoje (5) pela Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) e podem ser consultados na íntegra em boletim divulgado pela ANP na internet.