Produção de motos aumenta 17% em 2011

Produção do setor voltou ao nível pré-crise com 2,1 milhões de motos

São Paulo – A indústria brasileira produziu no ano passado 2.137.417 de motocicletas, volume 16,8% superior ao registrado no ano anterior, e apenas 3,5 mil unidades a menos que em 2008, período anterior à crise econômica mundial. Os dados foram divulgados hoje pela Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares (Abraciclo).

“A produção igual à de 2008 evidencia que apenas em 2011 o setor conseguiu chegar a patamares anteriores aos da crise de 2009. A motocicleta recupera, aos poucos, o espaço conquistado na década passada e sinaliza futuro promissor”, diz nota da Abraciclo.

O mercado interno, consideradas as vendas ao atacado, também mostrou variação positiva, de 12,4%. As vendas aos distribuidores totalizou 2.044.422 milhões de unidades.

O número de emplacamentos – que indicam a quantidade de novas unidades em circulação – cresceu 7,6% em 2011: passou de 1.804.011, em 2010, para 1.940.297 unidades no ano passado.