Produção de cerveja cresce 4,3% em 2014, apurou o Sicobe

A fabricação da bebida totalizou 14,046 bilhões de litros de janeiro a dezembro do ano passado

São Paulo – A produção brasileira de cerveja encerrou 2014 com um crescimento de 4,3% na comparação com 2013. Segundo dados do Sistema de Controle de Produção de Bebidas (Sicobe), da Receita Federal, a fabricação da bebida totalizou 14,046 bilhões de litros de janeiro a dezembro do ano passado, ante 13,470 bilhões de litros produzidos no período anterior.

O resultado positivo reverte a queda de 2% registrada em 2013. A expansão de 4,3%, no entanto, ficou abaixo das estimativas do setor. A expectativa da Associação Brasileira da Indústria da Cerveja (CervBrasil) era de um crescimento anual de 5,1%.

O desempenho menor que o previsto pode ser explicado pela queda da produção no último mês do ano. Em dezembro, a produção de cerveja totalizou 1,405 bilhão de litros, volume 5,1% inferior aos 1,481 bilhão de litros fabricados em igual mês de 2013.

Em 2014, o setor cervejeiro do País foi beneficiado, principalmente, pela Copa do Mundo, pelo carnaval tardio e pelas elevadas temperaturas. Para 2015, a expectativa da CervBrasil é de manutenção do volume produzido, apesar do cenário macroeconômico mais difícil.

“Esperamos um cenário de estabilidade em produção com oportunidades de crescimento”, afirma, em nota, o presidente da entidade, Paulo Petroni.

Refrigerantes

Ainda de acordo com o Sicobe, a produção de refrigerantes também teve desempenho positivo em 2014. De janeiro a dezembro, o volume fabricado da bebida no País somou 15,738 bilhões de litros, crescimento de 1% ante os 15,584 bilhões de litros produzidos em 2013.

Em dezembro, no entanto, a produção de refrigerante teve queda de 5,1% na comparação anual, com 1,539 bilhão de litros contra 1,622 bilhão de litros fabricados em dezembro de 2013.