Produção chinesa de vergalhão de aço cresce pela 1ª vez em 3 anos

A produção de vergalhão, utilizada na construção, subiu para 17,35 milhões de toneladas em dezembro, um aumento de 8,9%

Xangai- A produção chinesa de vergalhão de aço aumentou 3,6 por cento em 2017, o primeiro crescimento anual em três anos, de acordo com dados do governo divulgados nesta segunda-feira, uma vez que a demanda resiliente e melhores lucratividades no país, maior produtor mundial, levaram as usinas a acelerar a produção.

A produção de vergalhão, utilizada na construção, subiu para 17,35 milhões de toneladas em dezembro, um aumento de 8,9 por cento em relação ao ano anterior, e saltou para 199,98 milhões de toneladas em todo o ano passado, segundo dados do Escritório Nacional de Estatísticas (NBS, na sigla em inglês). A produção em 2016 e 2015 caiu frente aos respectivos anos anteriores.

As usinas siderúrgicas chinesas obtiveram um lucro bruto de até 2.000 iuanes (312,57 dólares) por cada tonelada de metal que fabricaram em novembro, o maior em 20 anos, e mais do que os 1.500 iuanes relacionados a produtos acabados.

As margens aumentaram devido ao aperto de suprimentos, conforme o governo pressionou a indústria a reduzir o excesso de capacidade e a poluição, disseram analistas.

A China aumentou os esforços para reduzir o excesso de capacidade no ano passado, elevando os cortes totais para 115 milhões de toneladas nos últimos dois anos– não muito longe do objetivo total de até 150 milhões de toneladas de 2016 a 2020.