Produção brasileira de milho aumenta 27,7% em 2012

A produção brasileira de milho chegou a 71,1 milhões de toneladas em 2012, com aumento de 27,7%, e superou a de soja

Rio de Janeiro – A produção brasileira de milho chegou a 71,1 milhões de toneladas em 2012, com aumento de 27,7%, e superou a de soja (65,9 milhões de toneladas), que era líder desde 2002, antes de ter queda na produção de 12% por falta de chuvas no Sul e no Nordeste. Os dados fazem parte da pesquisa Produção Agrícola Municipal (PAM) divulgada hoje (25) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O estudo aponta a quebra na safra dos Estados Unidos, maior produtor mundial, como o principal estímulo para o aumento da área plantada brasileira em 1,5 milhão de hectares (10,7%) e os investimentos em tecnologia.

O maior crescimento dessa cultura foi registrado no Centro-Oeste, que não sofreu com a seca. O Paraná, maior produtor de arroz, com 23,3% de participação na safra nacional, aumentou a produção em 32,7% na comparação com 2011. Mato Grosso apresentou o maior aumento na produção, 101,5% a mais que no ano anterior e foi o maior produtor da segunda safra de milho (38,3 milhões de toneladas), que superou pela primeira vez a primeira safra (32,8 milhões de toneladas).

Apesar da expansão da área plantada em 1,1 milhão de hectares, fazendo a soja ocupar 25,1 milhões de hectares, 36,3% da área plantada no país, o resultado não se refletiu em aumento de produção. Segundo o IBGE, o motivo foi a falta de chuvas regulares na Região Sul, em Mato Grosso do Sul, na Bahia e no Piauí. Entretanto, a soja continua tendo o maior valor de produção (24,7%), seguida da cana-de-açúcar (19,8%) e do milho (13,2%).