Procura das empresas por crédito tem queda de 3,4% em maio

A queda na procura por crédito foi maior entre as pequenas empresas, com recuo de 3,5% na comparação com abril

São Paulo – O Indicador Serasa Experian de Demanda das Empresas por Crédito registrou queda de 3,4% em maio ante abril. Em relação a maio de 2014, o recuo foi de 6,5%, o maior dos últimos dois anos neste critério de comparação. Segundo a Serasa, a demanda por crédito nos cinco meses de 2015 continua em alta (4,1%) frente ao mesmo período do ano passado, mas os números mostram uma desaceleração.

Para os economistas da Serasa Experian, juros altos e baixo grau de confiança são os fatores que contribuem para o recuo.

A queda na procura por crédito foi maior entre as pequenas empresas, com recuo de 3,5% na comparação com abril. Nas médias empresas, a queda mensal foi de 2,8% e nas grandes, de 1,5%.

Por outro lado, de janeiro a maio de 2015, a elevação da busca por crédito ocorreu apenas nas micro e pequenas empresas, com alta de 5,5% na comparação com 2014. Nas médias empresas o recuo interanual foi de 15,8%, e nas grandes empresas a queda foi de 9,7%.

A região que teve maior queda na demanda por crédito em maio foi a Norte, com 20,4%, seguida por Sul e Sudeste, com recuo de 1,3%, e Centro-Oeste e Nordeste, com baixa de 0,5%.

Porém, nos primeiros cinco meses do ano, o Norte apresentou maior crescimento na procura por crédito, com elevação de 6,9% ante o mesmo período de 2014. No Sul, a alta foi de 5,3%, no Centro-Oeste, 3%, Nordeste, 1,4%, e de 1% na região Sudeste.