Privatização da Eletrobras deve ser avaliada até junho, diz CEO

Wilson Ferreira Jr. também espera que a proposta para reformar a regulamentação do setor elétrico vá para o Congresso

São Paulo – Um projeto de lei enviado pelo governo ao Congresso Nacional com a modelagem para privatização da Eletrobras deverá ser aprovado pelos parlamentares até “maio ou junho”, assim como uma proposta do Ministério de Minas e Energia para reformar a regulamentação do setor elétrico, disse nesta quarta-feira o presidente da elétrica, Wilson Ferreira Jr.

Ele tem expectativa de que a reforma regulatória resolva um impasse existente atualmente sobre a quem devem ser atribuídos custos gerados pelo risco hidrológico na operação de usinas hidrelétricas, o que favoreceria o processo de desestatização.

“Não é condição precedente (para a privatização), mas atrapalha muito. Custa muito. O risco hidrológico do gerador… É algo que está prejudicando o investimento no Brasil, precisa ser resolvido, e está na agenda do ministério”, disse ele durante evento em São Paulo.