Prévia do Índice de Confiança da Indústria recua em março

Prévia do Índice de Confiança da Indústria de março recuou 1,7% em relação ao resultado final de fevereiro

Rio de Janeiro – A prévia do Índice de Confiança da Indústria de março, medida pela Fundação Getulio Vargas (FGV), recuou 1,7% em relação ao resultado final de fevereiro.

Houve piora tanto em relação às avaliações sobre o momento presente quanto às expectativas para os meses seguintes.

Segundo a FGV, a confiança em relação ao presente, medida pelo Subíndice da Situação Atual, caiu 2,6%.

Já o otimismo em relação ao futuro, medido pelo subíndice de Expectativas, recuou menos (0,8%).

Os dados preliminares de março indicam estabilidade do Nível de Utilização da Capacidade Instalada (Nuci), em 84,6%.

Para a prévia, foram consultadas 808 empresas entre os dias 6 e 18 deste mês. O resultado final da pesquisa será divulgado na próxima quinta-feira, dia 27 de março.