Presidente do Eurogrupo diz que não tem conselho sobre grego

Jeroen Dijsselbloem havia alertado anteriormente que um voto pelo "Não" colocaria a Grécia no caminho da saída da união monetária

Amsterdã – O presidente do conselho de ministros das Finanças da zona do euro, Jeroen Dijsselbloem, afirmou nesta sexta-feira que cabe aos gregos decidir como votar no referendo de domingo sobre se a Grécia deve aceitar as condições de resgate de seus credores.

“Cabe aos gregos decidirem”, disse Dijsselbloem quando questionado por repórteres como os gregos deveriam votar. “É importante para a Europa, mas importante acima de tudo para a Grécia.”

Dijsselbloem havia alertado anteriormente que um voto pelo “Não” colocaria a Grécia no caminho da saída da união monetária.