Pré-sal arrecada 1/5 do que Temer gastou para escapar de denúncia

Valor arrecadado no leilão só é suficiente para cobrir 5,7% do rombo do governo neste ano

São Paulo – O governo federal arrecadou ontem 6,15 bilhões de reais com o leilão de áreas do pré-sal. O valor equivale a 19% dos 32 bilhões de reais que o presidente Michel Temer distribuiu entre medidas e concessões a parlamentares nas negociações para se livrar da investigação por corrupção na Câmara dos Deputados.

O valor arrecadado com o leilão ficou abaixo do previsto, já que o governo esperava obter 7,75 bilhões de reais.

Mas, é bom ressaltar, esse valor se refere só aos bônus de outorga, que as empresas vão pagar de uma vez para terem o direito de explorar os campos.

O critério do leilão não era exatamente os bônus de outorga: as empresas que venceram o certame foram as que ofereceram ao governo a maior parcela do que poderia lucrar.

O consórcio da Petrobras, Repsol e Shell, que arrematou a área de Sapinhoá, por exemplo, ofereceu pagar 80% do óleo excedente (ou seja, 80% de seu possível lucro) para o governo. O lance mínimo era de 10,34%.

No entanto, esse pagamento só entra nos cofres do governo depois que as empresas começarem a extrair petróleo com lucro, no longo prazo. Neste ano, o único pagamento previsto é o dos bônus de outorga (as empresas têm até o final de 2017 para pagar o que foi oferecido).

A arrecadação do leilão, portanto, não faz nem cócegas no rombo do orçamento federal. Só neste ano, as contas do governo central (Tesouro Nacional, Previdência Social e Banco Central) estão negativas em 108 bilhões de reais, o pior resultado desde 1997. O leilão do pré-sal é suficiente para cobrir só 5,7% deste valor.

 

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. sinesio gimene

    morra desgraçado, politicos bandidos, escapou de uma mas vai entrar em outra, e quem pisar lá com inteção de roubar vai sai de um jeito ou de outro

  2. Luiz Parussolo

    Precisa investigar e descobrir quanto esses psicopatas, bandido, refugos genéticos..;.levam por trás dessas privatizações, desde o verme que acredita-se presidente até toda a equipe envolvida. Isso é crime lesa pátria e sujeita a pena de morte.
    Esse povo todo é bandido, aventureiro, desterrados que não são brasileiros e nada tem com o Brasil e vão acabar com ele.