Porto de Santos suspenderá embarques de animais vivos

Segundo a agência Reuters, a notícia foi veiculada a partir de uma carta enviada pela Companhia Docas do Estado de São Paulo a um deputado federal paulista

São Paulo – A Companhia Docas do Estado de São Paulo (Codesp), que opera o Porto de Santos (SP), disse que suspenderá os embarques de animais vivos pelo maior terminal da América Latina, de acordo com uma carta enviada pela estatal a um deputado federal.

O documento, datado de 11 de janeiro e visto pela Reuters, foi enviado pelo diretor de Operações Logísticas da Codesp, Carlos Henrique Poço, ao deputado Ricardo Izar (PP-SP).

A assessoria de imprensa da Codesp disse nesta sexta-feira que a carta é autêntica e que mais detalhes serão disponibilizados em comunicado no fim do dia.