PMI composto da zona do euro sobe a 50,4 em janeiro

O resultado marca a primeira leitura de crescimento em cinco meses e ficou em linha com as previsões dos analistas

Londres – O índice dos gerentes de compra (PMI, na sigla em inglês) composto da zona do euro subiu para 50,4 em janeiro, de 48,3 em dezembro, de acordo com a Markit Economics. Um leitura acima de 50 indica expansão, e abaixo, contração. O resultado marca a primeira leitura de crescimento em cinco meses e ficou em linha com as previsões dos analistas. O PMI do setor de serviços aumentou para 50,4 em janeiro, de 48,8 em dezembro. A previsão dos economistas para o PMI era de uma leitura de 50,5.

O PMI do setor de serviços da Alemanha subiu para 53,7 em janeiro, de 52,4 em dezembro, afirmou a Markit Economics. A previsão dos analistas era de uma leitura de 54,5. O PMI composto aumentou para 53,9 em janeiro, de 51,3 em dezembro.

Já o composto da França subiu para 51,2 em janeiro, de 50,0 em dezembro, afirmou a Markit Economics. Na Itália, o índice dos gerentes de compra do setor de serviços subiu para 44,8 em janeiro, de 44,5 em dezembro, reportou a CNBC. O resultado ficou abaixo das previsões dos analistas, que esperavam que o PMI aumentaria para 45.

No Reino Unidos, a atividade no setor de serviços se fortaleceu em janeiro, segundo dados da Markit e do Chartered Institute of Purchasing and Supply. O índice dos gerentes de compras do setor subiu para 56,0, de 54,0 em dezembro. As informações são da Dow Jones.