Planos deverão divulgar qualificação da rede credenciada

A medida está prevista em uma resolução normativa da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), que começa a valer nesta sexta-feira

Brasília – A partir de hoje (21), as operadoras de planos de saúde têm obrigação de divulgar informações sobre a qualificação dos profissionais e dos serviços da rede credenciada.

Se um médico tem especialização ou se um hospital tem algum tipo de certificado, por exemplo, o livro do convênio e a página da operadora na internet deverão ter o ícone relativo a esses atributos nas listas da rede prestadora de serviços de saúde.

A medida está prevista em uma resolução normativa da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), que começa a valer nesta sexta-feira.

De acordo com a ANS, a medida visa a ampliar o poder de avaliação e de escolha dos beneficiários na hora de contratar um plano de saúde.

A rede credenciada deve passar os dados de qualificação para a operadora, que divulgará a informação. Caso a empresa não siga as normas, poderá receber uma multa de até R$ 35 mil.

As operadoras ficam responsáveis pela verificação dos dados repassados pela rede credenciada.