PIB chinês deve crescer entre 7,7% e 7,8%, diz pesquisador

Crescimento abaixo de 8 por cento não é visto na economia chinesa desde 1999

PEQUIM – O crescimento econômico anual da China deverá ficar entre 7,7 e 7,8 por cento neste ano e começar a se estabilizar na segunda metade com os ganhos das políticas pró-crescimento, disse um pesquisador do governo, em declarações publicadas neste sábado.

Fan Jianping, economista-chefe no Centro de Informações do Estado, órgão de análise do governo, disse que a economia chinesa crescerá entre 7,6 e 7,8 por cento entre julho e setembro, ante igual período do ano passado, ficando estável ante os 7,6 por cento de crescimento do segundo trimestre deste ano.

Analistas consultados em uma pesquisa da Reuters prevêem que a China vai desacelerar ainda mais no terceiro trimestre, mas se recuperar no final do ano com o impacto de políticas de incentivo.

Ainda assim, mesmo que a atividade se recupere modestamente no quarto trimestre, iria levar o crescimento econômico para menos de 8 por cento, um nível não visto desde 1999 pela economia chinesa.

O ritmo de crescimento este ano seria acima da meta do governo de 7,5 por cento, mas os formuladores de políticas estão enfrentando um dilema devido a preocupações com a inflação, disse Fan, citado pela agência oficial Xinhua.