Petróleo Brent se recupera após cair à mínima de 16 meses

Apesar disso, grande oferta global e preocupações com a cambaleante demanda limitaram a alta

Londres – Os preços do petróleo Brent subiam nesta quarta-feira para perto de 102 dólares por barril, com o mercado recuperando-se de uma mínima de 16 meses registrada na sessão anterior, embora uma grande oferta global e preocupações com a cambaleante demanda limitassem a alta.

O Brent, referência para o mercado global, e o petróleo nos Estados Unidos, recuperavam-se com um dólar mais fraco e expectativa de recuo nos estoques nos EUA. Na terça-feira, um dólar forte pressionou a commodity, além de temores sobre o crescimento da demanda por petróleo na China e na Europa, afetaram as cotações.

O Brent subia 1,6 por cento às 11h24 (horário de Brasília), a 101,88 dólares por barril, depois de fechar no menor patamar desde maio de 2013 na terça-feira.

Já o petróleo norte-americano era negociado com alta de 1,4 por cento, a 94,22 dólares por barril, após cair a mais de 3 dólares na terça.

“Dá para se esperar uma recuperação do mercado depois de uma queda forte como a de ontem”, disse Tony Machacek, corretor na Jefferies, em Londres. “Fundamentalmente, o mercado de petróleo está bem abastecido e as indicações são de preços ainda com tendência de queda.”