Pedidos de seguro-desemprego continuam caindo nos EUA

De 2 a 9 de março, foram registrados 332.000 pedidos de benefícios, ou 2,9% a menos que na semana anterior

Washington – Os novos pedidos de seguro-desemprego nos Estados Unidos continuaram com sua lenta queda pela terceira semana consecutiva, segundo dados publicados nesta quinta-feira pelo departamento do Trabalho.

De 2 a 9 de março, foram registrados 332.000 pedidos de benefícios, em dados corrigidos por variações sazonais, ou 2,9% a menos que na semana anterior.

Trata-se do nível mais baixo desde 19 de janeiro, quando o indicador se situou em seu menor piso em cinco anos.

A previsão média dos analistas estimava, ao contrário, um novo aumento do desemprego, com 350.000 pedidos.

Por outra parte, a cifra da semana anterior foi revisada levemente em alta, a 342.000.

Em média de um mês, o indicador oficial também caiu (-0,7%) pela terceira semana consecutiva, situando-se nos 346.750 novos pedidos, seu nível mais baixo desde março de 2008.

O emprego mostra nas últimas semanas sinais de melhoria nos Estados Unidos.

Em fevereiro, as contratações se aceleraram visivelmente, com a taxa de desemprego caindo a 7,7%, seu nível mais baixo desde dezembro de 2008.