Pedidos de auxílio-desemprego nos EUA caem para perto da mínima em 49 anos

Pedidos de auxílio apontam para força no mercado de trabalho americano

Washington  O número de norte-americanos que entraram com pedidos de auxílio-desemprego caiu para perto da mínima em 49 anos na semana passada, apontando para uma força sustentada no mercado de trabalho que deve continuar a sustentar o crescimento econômico.

 

 

Os pedidos iniciais de auxílio-desemprego caíram em 10 mil, para 203 mil em números ajustados sazonalmente na semana encerrada em 1º de setembro, o nível mais baixo desde dezembro de 1969, informou o Departamento do Trabalho nesta quinta-feira. Os dados da semana anterior não foram revistos.

Economistas consultados pela Reuters projetavam alta para 214 mil.