Pedidos de auxílio-desemprego caem para mínima de 3 meses nos EUA

Os pedidos iniciais de auxílio-desemprego nos Estados Unidos caíram em 13 mil, chegando a 209 mil

Washington — O número de norte-americanos que pediram auxílio-desemprego caiu para o menor nível em três meses na semana passada, sugerindo uma força sustentada no mercado de trabalho que pode ajudar a dar suporte à economia.

Os pedidos iniciais de auxílio-desemprego caíram em 13 mil, para 209 mil em número ajustado sazonalmente na semana encerrada em 6 de julho, o nível mais baixo desde abril, informou o Departamento de Trabalho nesta quinta-feira.

Os dados da semana anterior foram revisados para mostrara 1.000 solicitações a mais recebidas do que o reportado anteriormente.

Economistas consultados pela Reuters estimavam que os pedidos de auxílio-desemprego aumentariam para 223 mil na última semana.