Pedido da Grécia é “Cavalo de Troia”, diz Alemanha

O pedido grego para estender o programa de resgate foi descrito por autoridades alemãs como um "Cavalo de Troia", que deixou muito espaço para interpretação

BRUXELAS – Autoridades alemãs descreveram nesta quinta-feira o pedido grego para estender o programa de resgate como um “Cavalo de Troia”, que deixou “imenso espaço para interpretação” e não apresentou nenhum compromisso claro de que a Grécia cumprirá os termos de seu empréstimo atual.

De acordo com o esboço de um documento com o posicionamento alemão preparado para uma reunião de autoridades da zona do euro, em Bruxelas, a Alemanha acredita que o pedido grego não deu as bases para começar a redigir um comunicado comum na reunião de ministros das Finanças do Eurogrupo na sexta-feira.

O rascunho, visto pela Reuters, também recomendou que não haja prorrogação de 10,9 bilhões de euros em crédito destinado à recapitalização dos bancos gregos, uma vez que as instituições financeiras gregas passaram no teste de estresse no ano passado.