Para Bolsonaro, aumentar contribuição previdenciária seria um “absurdo”

Presidente eleito disse que tem conversado com Paulo Guedes sobre o tema e que recebeu projetos sobre a reforma da Previdência em sua visita a Brasília

O presidente eleito Jair Bolsonaro disse nesta sexta-feira, 9, que seria “um absurdo” aumentar a contribuição previdenciária e voltou a afirmar que quer a reforma da Previdência.

Em uma transmissão ao vivo pelo Facebook, Bolsonaro disse que tem conversado com o economista Paulo Guedes, futuro superministro da Economia, sobre o tema e afirmou ter recebido projetos sobre a reforma da Previdência durante sua visita a Brasília nesta semana.

O presidente eleito afirmou ainda que uma decisão final sobre o reajuste dos salários dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), aprovado pelo Senado na quarta-feira, não cabe a ele, mas sim ao presidente Michel Temer, que deverá decidir se veta ou sanciona a medida.

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s