País registra produção recorde de café na safra 2012

O anúncio do resultado final corresponde ao quarto levantamento da safra 2012

Brasília – A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) informou hoje (20) que a produção da café beneficiado, na safra 2012, é recorde, totalizando 50,83 milhões de sacas. O resultado representa um crescimento de 16,9% na comparação com o volume da safra anterior, que chegou a 43,48 milhões de sacas de 60 quilos (kg). O anúncio do resultado final corresponde ao quarto levantamento da safra 2012.

Segundo a Conab, o volume também supera, em 0,07%, os números do último levantamento feito pelos técnicos em setembro. De acordo com a companhia, o crescimento da safra poderia ser maior, mas foi prejudicado pelas adversidades climáticas em algumas regiões produtoras dos estados da Bahia, do Paraná, de Rondônia e de Minas Gerais.

O café arábica teve uma produção de 38,34 milhões de sacas, representando em média 75,4% da produção nacional. O conilon teve uma produção de 12,48 milhões de sacas, média de 24,6% da produção cafeeira do país.

A área nacional plantada com os dois tipos totalizou 2,33 milhões de hectares, com acréscimo de 2,25% ou 51.254 hectares sobre a área de 2,27 milhões de hectares da safra de 2011.

A Conab informou ainda que a maior área plantada é a de Minas Gerais, que concentra 1,21 milhão hectares, com prevalência do café arábico. O Espírito Santo vem em segundo lugar, com área de 491,49 mil hectares ocupada pela variedade conilon.

A pesquisa foi feita no período de 2 a 14 deste mês, quando foram visitados municípios dos principais estados produtores, responsáveis por 98,7% da produção nacional. Os levantamentos da próxima safra começarão a ser divulgados no dia 10 de janeiro.