Onde é mais barato e mais caro comer uma pizza no Brasil

São Paulo não tem a pizza mais cara do país, mas está perto do topo. A mais barata é a de Palmas, no Tocantins, segundo dados da BigData Corp

São Paulo – A pizza mais cara de todas as capitais brasileiras é a de Salvador, na Bahia, que sai por R$ 28,66 por pessoa em média.

Também ficam na faixa mais alta Rio de Janeiro (R$ 28,23), Brasília (R$ 28,20) e São Paulo (R$ 27,34).

Já a mais barata é a de Palmas, no Tocantins, com preço médio de R$ 20,20 por pessoa.

Outras cidades onde a pizza sai mais em conta são São Luís (R$ 20,34), Macapá (R$ 20,35) e Goiânia (R$ 20,52).

A média de preço nas 27 capitais é de R$ 23,26 e a média ponderada, considerando o número de restaurantes, é levemente mais alta (R$ 24,36).

Os dados foram levantados pela BigData Corp com exclusividade para EXAME.com e foram analisados 124 mil restaurantes.

Um dado curioso é que só uma minoria das pizzarias oferece serviço de entrega: a porcentagem mais baixa é de 3,03%, em São Luís, e a mais alta é de 18,25%, em Salvador.

“Quando a gente começou, imaginou que esse número seria maior. Um fator que pode influenciar é que a gente depende do próprio restaurante dizer que faz o delivery; pode ter uma parte deles que faz, mas não divulga”, explica Thoran Rodrigues, presidente-executivo da BigData Corp.

Também chama a atenção que grande parte dos restaurantes de cada cidade é pizzaria; a proporção chega a 28% em Porto Velho.

“Fazemos uma brincadeira de que se algum dia você pensar em abrir um restaurante, não abra uma pizzaria, porque você vai concorrer com todo mundo”, diz Thoran.