Oferta de ações da Movida é precificada a R$ 15 e movimenta R$ 832,5 mi

Foram vendidas 35,5 milhões de ações referentes à oferta primária, 20 milhões de ações referentes à oferta secundária

SÃO PAULO (Reuters) – A oferta de ações da companhia de aluguel de veículos e gestão de frotas Movida foi precificada a 15 reais por papel e movimentou 832,5 milhões de reais, conforme ata da reunião do conselho de administração divulgada na noite de quinta-feira.

Foram vendidas 35,5 milhões de ações referentes à oferta primária, 20 milhões de ações referentes à oferta secundária, que teve o controlador JSL como vendedor, sendo que 7 milhões desta fatia foram para atender parcialmente o excesso de demanda.

Após a conclusão da oferta, a JSL passa a deter 55,1% do capital social da Movida, disse a empresa em fato relevante.

Com a operação, o capital social da companhia passou de cerca de 1,5 bilhão de reais, dividido em 263.421.014 ações, para aproximadamente 2,05 bilhões de reais, dividido em 298.921.014 ações.

A operação teve coordenação do Banco BTG Pactual, Banco Itaú BBA, Banco J.P. Morgan, da XP Investimentos, do BB Investimentos, do Bradesco BBI e do Banco Santander Brasil.