Odebrecht vende participação em megaprojeto na Argentina

A empresa brasileira está sendo investigada por pagamentos de suborno nos Estados Unidos, Suíça e vários países latino-americanos

Buenos Aires – A construtora Odebrecht vendeu sua participação em um megaprojeto argentino de trens subterrâneos, disse uma fonte da empresa à Reuters neste domingo.

A Odebrecht possuía uma fatia de 33% em uma obra para soterrar uma linha de trem para integração da capital Buenos Aires com a região oeste da cidade.

“A Construtora Norberto Odebrecht confirma sua saída do Consórcio Nuevo Sarmiento. A operação, realizada entre empresas privadas, faz parte da reestruturação de sua atuação na Argentina para uma melhor eficiência operacional”, disse a Odebrecht à Reuters.

Em meados deste ano, a Justiça argentina, que investiga a Odebrecht por casos de subornos, inabilitou por um ano a empresa brasileira para participação em licitações de obras públicas.

“Presente há 30 anos consecutivos, a Odebrecht planeja continuar contribuindo para o desenvolvimento da Argentina de forma ética, integral e transparente”, afirmou a empresa.

A empresa brasileira está sendo investigada por pagamentos de suborno nos Estados Unidos, Suíça e vários países latino-americanos, no contexto de um escândalo de corrupção que gerou uma profunda crise política no Brasil.