Odebrecht Transport pode contratar R$ 762 mi do BNDES

Empréstimo será destinado aos investimentos iniciais para conservação, recuperação e ampliação da BR-163

Brasília – A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) autorizou a Concessionária Rota do Oeste, controlada pela Odebrecht TransPort, a contratar até R$ 762 milhões do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

Trata-se de empréstimo-ponte, de liberação mais rápida, destinado aos investimentos iniciais para conservação, recuperação e ampliação da BR-163/MT.

A decisão está publicada no Diário Oficial da União (DOU) e substitui a autorização concedida à empresa no último dia 16 que fixava o valor do empréstimo ponte em R$ 664 milhões.

A Odebrecht TransPort assinou o contrato de concessão da rodovia em março deste ano.

O trecho consiste em 850,9 quilômetros, sendo 822,8 quilômetros na BR-163 e 28,1 quilômetros na MT-407, com início na divisa com o Estado do Mato Grosso do Sul e término no Km 855,0 (MT), no entroncamento com a rodovia MT-220.

Durante os 30 anos de concessão, a BR-163 deverá receber investimentos de R$ 4,6 bilhões.

Somente nos primeiros cinco anos, período em que a empresa terá que duplicar cerca de 450 quilômetros de vias, deverão ser aplicados R$ 2,3 bilhões, dos quais R$ 250 milhões previstos para 2014.