Octavio de Barros deixa chefia econômica do Bradesco

O superintendente executivo do Bradesco, Fernando Honorato Barbosa, assumirá interinamente o cargo deixado por Barros

São Paulo – O economista Octavio de Barros deixa o comando do Departamento Econômico (Depec) do Bradesco após 14 anos à frente da equipe econômica do banco.

A saída do diretor de Pesquisas Macroeconômica da instituição se dá por razões estatutárias de aproximação do limite de idade, de 62 anos. Aos 61 anos, o economista continuará no banco como consultor econômico da organização.

Barros ingressou no Bradesco em 2003, ano em que a instituição adquiriu o Banco Bilbao Vizcaia Argentaria, onde foi diretor por mais de quatro anos. Ele foi responsável pela criação do Departamento Econômico do Bradesco.

Paralelamente à atribuição de consultor do Bradesco, Octavio de Barros passa a comandar o Instituto República, empresa de consultoria registrada no Brasil e na França (Institut République), cuja finalidade será promover estudos, debates e eventos sobre economia, política e cultura.

O superintendente executivo do Bradesco, Fernando Honorato Barbosa, assumirá interinamente o comando do Departamento Econômico do Bradesco.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.