Ministro vê potencial de negócios em portos com a China

"Estamos há algum tempo conversando com chineses na área de infraestrutura, particularmente em ferrovias", diz ministro da Secretaria dos Portos

Brasília – O ministro da Secretaria de Portos, César Borges, avalia que há grandes oportunidades de negócios para empresas chinesas no setor portuário brasileiro.

O ministro acompanhou almoço no Palácio Itamaraty, em Brasília, entre a presidente Dilma Rousseff e o presidente da China, Xi Jinping.

“Estamos há algum tempo conversando com chineses na área de infraestrutura, particularmente em ferrovias. Eu já tinha visitado a China, e a própria presidente Dilma vem comandando esse processo, então espero que os chineses venham participar desse esforço de infraestrutura”, comentou Borges, ao Broadcast Político, serviço de notícias em tempo real da Agência Estado.

“Seria estratégico para eles participar desse setor de logística no Brasil. Estamos começando uma conversa (em portos).”

De acordo com o ministro, os chineses podem ter interesse em participar do processo de modernização dos portos e investir na construção de terminais de uso privado (TUPs).

Borges disse que iria receber (na Secretaria) uma empresa chinesa que já trabalha com o Brasil em dragagem. “É uma área em que a cooperação pode aumentar e muito”, comentou o ministro, que não citou o nome da empresa. A reunião não consta na agenda oficial do ministro.

Mais cedo, em declaração à imprensa, o presidente da China, Xi Jinping, disse que o país está disposto a “conduzir com o Brasil cooperação estratégica na construção de ferrovias e obras de infraestrutura para elevar o nível da nossa cooperação em todos os aspectos”.