Ministro japonês aponta queda do iene como sinal de estabilidade

Iene enfraquecido eleva o valor de lucros repatriados por exportadoras e torna produtos denominados na moeda do Japão mais competitivos

Tóquio – O ministro de Finanças do Japão, Taro Aso, disse hoje que a acentuada desvalorização recente do iene ante o dólar é um sinal de estabilização no mercado de câmbio, elogiando a reviravolta na tendência de força que a moeda japonesa havia mostrado após a inesperada vitória de Donald Trump na eleição presidencial dos EUA.

“Houve alguns movimentos turbulentos, mas acho que agora está extremamente estável…ou recuperando estabilidade”, afirmou Taso no Parlamento, referindo-se à taxa de câmbio.

Aso falou em resposta a um parlamentar de oposição que descreveu o avanço do dólar para mais de 110 ienes, nos negócios asiáticos desta sexta-feira, como um forte movimento. O dólar não ultrapassava essa barreira há mais de cinco meses.

Os comentários de Aso evidenciam como a queda do iene alivia a pressão sobre formuladores de política de Tóquio, que vinham mostrando dificuldades para lidar com a força da moeda japonesa após a vitória de Trump.

O iene enfraquecido eleva o valor de lucros repatriados por exportadoras japonesas e torna produtos denominados na moeda do Japão mais competitivos nos mercados globais.

Aso também reiterou que movimentos cambiais abruptos são negativos para as economias e que irá monitorar de perto as oscilações do iene.