Minha Casa Melhor puxa venda de móveis, segundo o IBGE

O setor de móveis e eletrodomésticos registrou expansão de 7,9% ante agosto do ano passado

Rio – O setor de móveis e eletrodomésticos registrou expansão de 0,8% nas vendas no mês de agosto ante julho, e de 7,9% ante agosto do ano passado, ainda na esteira do programa Minha Casa Melhor, que financia a compra de móveis e eletrodomésticos para subsidiários do Minha Casa, Minha Vida.

A técnica da Coordenação de Serviços e Comércio do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), Aleciana Gusmão, lembrou também que o setor ainda contava com a redução do IPI no mês da apuração dos dados.

Outro setor que continua a ser beneficiado pela política de incentivo do governo por meio da redução do IPI é o de material de construção, destacou Aleciana. A alta em agosto nesse segmento foi de 0,8% ante julho e de 4,9% ante agosto de 2012.

No setor de veículos e motos, a expansão nas vendas foi de 2,6% em agosto ante julho. Mas, na comparação com igual mês do ano anterior, o setor apresentou retração de 12,6%, pesando negativamente para a taxa do varejo ampliado (que inclui, além desse segmento, o de material de construção) – em agosto, o volume de vendas do varejo ampliado teve queda de 0,8% ante igual mês de 2012, apesar da alta de 0,6% ante julho.

A justificativa para esse desempenho do segmento de veículos e motos, segundo Aleciana, é a base mais alta observada no ano passado. Em agosto de 2012, os veículos e as motos tiveram expansão de 26,4% nas vendas em relação a igual mês do ano anterior, no auge das políticas de incentivo para o segmento.