Mesmo sem acordo, Reino Unido deverá pagar conta do Brexit, alerta a UE

A União Europeia reforçou a importância do pagamento de 43 bilhões de euros para começar bem a relação pós-Brexit

O Reino Unido deverá pagar a conta de 43 bilhões de euros por seus compromissos com a União Europeia (UE), inclusive no caso de ausência de acordo (“no deal”) durante o Brexit, advertiu a Comissão Europeia.

“Todos os compromissos dos 28 Estados membros devem ser cumpridos. Isto é válido inclusive em um cenário sem acordo, no qual o Reino Unido deveria saldar as dívidas contraídas durante sua adesão à UE”, afirmou a porta-voz da Comissão Europeia, Mina Andreeva, na entrevista coletiva diária do Executivo comunitário.

“Pagar suas contas é essencial para começar uma nova relação com o pé direito, com base na confiança mútua”, insistiu a porta-voz.

O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, já declarou diversas vezes que se o Reino Unido deixar a UE sem acordo em 31 de outubro não deveria pagar as 39 bilhões de libras esterlinas (43 bilhões de euros) de dívida.

A postura expõe o país a represálias por parte de seus até agora sócios europeus.