Mercosul e Reino Unido negociam tratado de livre comércio

Assinatura do tratado aconteceria assim que Londres se separar da União Europeia

O Mercosul e o Reino Unido iniciaram negociações para assinar um tratado de livre-comércio assim que Londres tenha se separado da União Europeia (UE), afirmou o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, nesta segunda-feira (22).

“Há conversas iniciais sobre um possível acordo de livre comércio com o Reino Unido, embora evidentemente poderá ser efetivado depois do Brexit. Mas as negociações já estão em andamento”, declarou Meirelles em uma entrevista coletiva na embaixada brasileira em Londres, segundo um áudio divulgado por seu ministério no Brasil.

Meirelles afirmou, depois de se encontrar com seu homólogo britânico Philip Hammond, que o Reino Unido “tem interesse em um acordo com Brasil”, mas que a negociação será feita com o Mercosul.

“A negociação formalmente será Mercosul com o Reino Unido, inclusive porque de fato é um interesse maior ainda”, disse Meirelles, que participará esta semana junto com o presidente Michel Temer no Fórum Econômico Mundial de Davos, na Suíça.

O Mercosul e a UE negociam há quase vinte anos um TLC. Havia uma expectativa de anunciá-lo em dezembro do ano passado, mas Bruxelas pediu mais tempo para avaliar as ofertas do bloco sul-americano.

Os chanceleres do Mercosul se reunirão em 30 de janeiro com responsáveis da Comissão Europeia em Bruxelas no que se espera ser a “parte final” das negociações.