MDIC divulga carta enviada à ministra da Argentina

O ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Fernando Pimentel, reiterou a disposição do Brasil em dialogar sobre a mudança nas importações de veículos argentinos

Brasília – Em resposta à carta da ministra da Indústria da Argentina, Débora Giorgi, o ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Fernando Pimentel, enviou hoje uma correspondência reiterando a disposição do Brasil em tratar todos os temas de interesse de ambas as partes. Na carta, o ministro diz, no entanto, que em relação aos pontos levantados pelo governo brasileiro é necessário iniciar um “diálogo construtivo” para obter um acordo que solucione os problemas enfrentados pelos exportadores brasileiros na aduana argentina.

Pimentel se colocou à disposição de Débora Giorgi para um encontro em Brasília com o objetivo de discutir os contenciosos entre os dois países. O MDIC decidiu divulgar a carta de Pimentel, já que ontem o governo da Argentina revelou a carta que havia sido enviada ao governo brasileiro, com queixas sobre a decisão do Brasil de colocar em licenças não automáticas as importações de automóveis. Na carta, Débora Giorgi acusa o Brasil de “atentar contra o diálogo natural” dos dois sócios comerciais.