Mantega pede que Fed retire estímulo de maneira ordenada

Para ministro, Brasil está superando a crise internacional e crescendo a um ritmo mais rápido do que no ano passado

Nova York – O estímulo monetário do banco central dos Estados Unidos foi excessivo e precisa ser retirado de maneira ordenada para evitar afetar a economia global, afirmou nesta quarta-feira o ministro da Fazenda, Guido Mantega.

Em apresentação a investidores em Nova York, Mantega disse que o Brasil está superando a crise internacional e crescendo a um ritmo mais rápido do que no ano passado.

Mantega e outras autoridades brasileiras estão em Nova York nesta semana para atrair investimento privado ao programa de infraestrutura brasileiro.