Mantega mantém projeção do PIB em 2% para este ano

O ministro falou sobre a redução do Imposto sobre Produto Industrializado (IPI) para carros e produtos da linha branca, que vai até 31 de dezembro

Brasília – O ministro da Fazenda, Guido Mantega, manteve hoje (5) a projeção de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB, soma dos bens e riquezas de um país) em 2% para 2012. Segundo Mantega, o governo aguarda os indicadores do quarto e último trimestre do ano para uma eventual alteração na previsão.

“Dependemos do quarto trimestre que está em curso”, disse. No início desta semana, analistas e investidores do mercado financeiro diminuíram mais uma vez a expectativa de crescimento da economia e baixaram a projeção de fechamento do PIB este ano de 1,54% para 1,27%.

O ministro falou ainda sobre a redução do Imposto sobre Produto Industrializado (IPI) para carros e produtos da linha branca, que vai até 31 de dezembro. A desoneração do IPI para materiais de construção foi prorrogada até o fim de 2013, mas, perguntado sobre uma eventual prorrogação para os outros dois setores o ministro disse que “não ha nenhuma posição do governo” sobre a questão.

Mantega comentou sobre o PIB e o IPI durante entrevista à imprensa, na qual deu detalhes da edição de 2013 do Programa de Sustentação do Investimento (PSI) e anunciou a redução da Taxa de Juros de Longo Prazo (TJLP) de 5,5% para 5% a partir do ano que vem. De acordo com o ministro, as medidas divulgadas hoje ajudarão a elevar em 8% o investimento no país e garantir o crescimento do PIB, de 4%, para 2013.