Mantega diz que R$30 bi ao BNDES servirá a bens de capital

Quantia liberada pelo governo servirá para dar suporte à demanda por empréstimos, como bens de capital

Brasília – O ministro da Fazenda, Guido Mantega, disse nesta quarta-feira que os 30 bilhões de reais liberados pelo governo ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) servirão para dar suporte à demanda por empréstimos, como bens de capital.

“(Recursos ao BNDES são) para fechar o ano. A demanda para compra de máquinas, equipamentos, caminhões, ônibus e tratores, isso é para este ano. Próximo ano certamente será menor”, afirmou ele a jornalistas.

“Estamos liberando financiamento para aquisição de bens de capital, existe uma demanda e nós vamos liberar”, acrescentou.

O governo editou Medida Provisória, publicada no Diário Oficial, aprovando o crédito de 30 bilhões de reais ao BNDES e que, para isso, o Tesouro pode emitir títulos da dívida pública.