Manifestações afetam vendas de veículos em junho

Números estão abaixo das projeções

As manifestações populares organizadas em diversas regiões do Brasil já estão afetando as vendas de veículos.

Embora o desempenho da indústria ainda seja superior aos números de maio, as vendas estão abaixo das expectativas para junho.

“Acho que as vendas poderiam ser melhores. Evidentemente há dificuldade do consumidor em acessar a rede de revendas e com isso há alguma perda de vendas”, afirmou o presidente da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), Luiz Moan.

Segundo informações do diário O Estado de S. Paulo, Moan assegurou que a produção de automóveis não deve ser prejudicada, uma vez que eventuais atrasos nas linhas de montagem podem ser compensados com horas extras e trabalhos aos sábados.

Até o momento, o crescimento nas vendas de automóveis e comerciais leves chega a 4,1% em junho.