Mais de 100 republicanos assinam carta contra tarifa de aço

Os legisladores pedem que chefe da Casa Branca reconsidere a barreira alfandegária

São Paulo – Um grupo de parlamentares republicanos divulgou nesta quarta-feira uma carta em oposição à tarifação das importações de aço e alumínio proposta pelo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump.

Os legisladores pedem que chefe da Casa Branca reconsidere a barreira alfandegária.

Na carta, os republicanos alertam para “consequências negativas inesperadas” e para o fato de que a tarifação pode deixar os EUA menos competitivos. Além disso, os parlamentares dizem que a proteção à indústria siderúrgica pode anular os benefícios da recente reforma tributária, que eles ajudaram a aprovar no Congresso.

“Nós estamos convencidos que os benefícios desse corte de impostos estão apenas começando e nós estamos olhando adiante para garantir que as benesses continuem a se espalhar entre os trabalhadores e os criadores de emprego dos Estados Unidos”, diz o texto, que é subscrito por 107 parlamentares.

Os parlamentares republicanos disseram ainda que apoiam que os Estados Unidos resolvam as distorções comerciais com a China, porém sem imposição de tarifas.